Blog Section

Até quando meus ovários vão funcionar?

Até quando meus ovários vão funcionar?
Comentários desativados

O potencial reprodutivo da mulher declina com o tempo.

Este fato é atribuído à redução progressiva do número e da qualidade dos óvulos. Da ordem de cinco a dez milhões de óvulos são formados no embrião feminino, quantidade que se reduz a cerca de um a dois milhões no nascimento. Na puberdade, estima-se que os ovários possuam de 300 a 500 mil óvulos, dos quais aproximadamente 300 (isso mesmo: apenas )  serão liberados pelo ovário (ovulação). Ao lado dessa perda quantitativa, a qualidade dos óvulos tende a se reduzir com o tempo, devido à dificuldade na geração de energia celular e a desarranjos estruturais dos óvulos.

Essa perda qualitativa resulta em maior dificuldade para obter a gravidez e também maior chance de problemas genéticos no embrião. Estatisticamente, a redução do potencial reprodutivo da mulher se acentua muito após os 37 anos de idade.

Como saber até quando os ovários serão adequados à reprodução?

Embora não exista resposta adequada para essa pergunta, há exames que permitem a avaliação do potencial ovariano. Os óvulos se desenvolvem dentro de bolsas líquidas nos ovários (folículos f, na figura). A contagem desses folículos, feita por meio do ultrassom, permite uma avaliação muito aproximada do potencial ovariano.

A dosagem de alguns hormônios, feita no sangue, também auxilia nessa avaliação:

1 – dosagem de hormônio folículo estimulante (FSH) no sangue: quanto menor o número de folículos ovarianos, maior o valor do FSH no sangue;

2 – dosagem de hormônio antimülleriano (AMH) no sangue: esse hormônio é fabricado pelos folículos. Assim, quanto maior o número de folículos, maior o valor desse hormônio.

Nos dias atuais, a gravidez tem sido postergada, por vários motivo. Com isso,  o problema da redução do potencial assume uma proporção maior na sociedade. Inexiste, até o momento, forma efetiva de retardar a perda desse potencial. No entanto, a reprodução assistida desenvolveu um procedimento capaz de conservar o potencial reprodutivo feminino: o congelamento (criopreservação) de óvulos.

 

Produção: Luiz Leite